Access to Information

 

AIMS

WORKING GROUP MEMBERS

ACTIVITIES

O princípio da transparência, como um motorista de responsabilidade constitucional, ganhou impulso na África nos últimos anos e existem muitas iniciativas em andamento, e novas oportunidades decorrentes, incluindo:

  • O estabelecimento de AFRIC (Centro para a Liberdade de Informação em África)
  • A aprovação da lei ATI Uganda
  • A ênfase no Direito de Saber na agenda de trabalho da ANSA AFRICA (Rede Associada de praticantes de Responsabilidade Social), apoiado pelo Instituto do Banco Mundial e liderada por Idasa
  • A criação da Escola Internacional de Transparência, que é uma parceria entre a Universidade de Cape Town e da Universidade de Södertörn, Suécia (apoiado pela SIDA)
  • Projetos da ATI na Libéria e Mali, liderado pelo Centro Carter.

 

No entanto, há uma necessidade de mais pesquisas dedicadas (reunião de provas) e bolsas de estudo; advocacia sobre o assunto, se as novas leis e novas leis são potencial para ter sucesso na prática; e contencioso.

Portuguese